Notícias

25/03/2019

Seminário sobre redução do ritmo de trabalho nos frigoríficos dia 27 de março em Forquilhinha

O ritmo intenso nos frigoríficos brasileiros será tema de seminário dia 27 de março, das 9h às 17h, no sindicato da Alimentação em Forquilhinha. O evento é promovido pela União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação (UITA) sediada no Uruguay, a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Alimentação (Contac) e o Sindicato da Alimentação de Criciúma e região (Sintiacr). Um dos mediadores é o Procurador do Trabalho e Coordenador da Procuradoria do Trabalho em Criciúma (MPT), Bruno Martins Mano Teixeira.  O ritmo intenso no trabalho coloca o setor de frigoríficos no topo em acidentes de trabalho. A atividade é a que mais causa adoecimentos, segundo dados do INSS: Somente nas lesões por esforço repetitivo nos frigoríficos são 1.621 empregados a cada 100 mil. Com base nestes dados, o diretor do Sintiacr e secretário de saúde da Contac, Célio Elias, ressalta  a importância do evento para toda a categoria produtiva do processamento de carnes “por ser urgente a redução do ritmo de trabalho em um dos setores que mais adoece no Brasil”, avalia o sindicalista. Conforme ele é fundamental lembrar que após a implantação da NR 36 estimulando as pausas a cada 50 minutos de trabalho e prevendo a ergonomia nos locais de trabalho, “existe uma necessidade de diminuir o número de produtos por minuto efetuado pelos trabalhadores para trazer a manutenção da saúde da categoria no setor”, explica Célio. Podem participar trabalhadores, profissionais da saúde e demais pessoas interessadas no assunto.

Confira a programação:

9h - Coordenador de Mesa de Trabalho 01 - Bruno Martins Mano Teixeira -  Procurador do Trabalho  e Coordenador da Procuradoria do Trabalho  em Criciúma  (MPT).
9h30 - Geraldo Iglesias membro da União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação - Direitos dos Trabalhadores na América Latina na atual conjuntura.
10h10 – Ernane Garcia Ferreira – Vice-presidente da Contac.
Ritmo de Trabalho x Trabalhador
10h50 - Professor Willians Cassiano Longen – Unesc
Experiência do Núcleo de Promoção e Atenção Clínica à Saúde do Trabalhador-NUPAC-ST
11h30 – Debate
12h30 – Intervalo para o almoço

Coordenador da Mesa 02 – Célio Alves Elias – Sinticar
13h45 - Mauro Muller – Auditor Fiscal do MTE – RS
Medidas preventivas para evitar o ritmo excessivo
14h30 - Diogo Reis - Pesquisador Pós-doutorado Ergonomia UFSC
Adequação do ritmo de trabalho em frigoríficos
15h15 – Dr. Sandro Sarda – Procurador do Trabalho
Acordos de Redução do Ritmo – MPT com os frigoríficos.

16h – debate
16h50 – Encerramento

 

Mais Notícias

© SINTIACR. Todos os direitos reservados.

Rua João Pessoa, 445 - Edifício Uno - 88801-530 - Criciúma/SCC

Fone: (48) 3433-9002

sintiacr_forquilhinha@hotmail.com